terça-feira, 30 de outubro de 2012

Poema: Equoterapia

Eu e Gabriele Brigitte Walter

Equoterapia...uma possibilidade em meio as nossas limitações.

Eu vi uma criança que não podia andar, sobre um cavalo.
Cavalgava por prados floridos que não conhecia.
Eu vi uma criança, sem força em seus braços, sobre um cavalo.
O conduzia por lugares nunca imaginados.
Eu vi uma criança, sem enxergar, sobre um cavalo. Galopava rindo do meu espanto, com o vento em seu rosto.
Eu vi uma criança renascer, tomar em suas mãos as rédeas da vida e, sem poder falar, com seu sorriso dizer:    
"Obrigado, Deus, por me mostrar o caminho".
Texto extraído do curso de especialização de equoterapia. (Gabriele Brigitte Walter).

domingo, 28 de outubro de 2012

Minha Pós em Equoterapia

                                                          O brinde e a despedida ♥

E o peito ficou apertado.♥

Despedida da minha égua preferida a Castanha Dagas ♥

Um brinde a mais uma conquista ♥

Eu a professora Gabriele ♥

Eu e a Patricia de Penápolis e a Pollyanna da Paraíba ♥

Eu a Luana Gauchita...♥

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Momento meu...equo



Aula da manhã foi mais uma vivência. Tô sentindo até agora literalmente. Equoterapia é coisa séria mesmo, é terapia e não brincadeira. E a convivência com os cavalos.....meu Deus parece que estou em um lugar cheio de anjos. ♥ Que maneira de aprender mais profunda com um cavalo e com quem entende sobre ele e o ama e o respeita demais. Realmente só sabe ensinar bem quem ama o que faz. A paixão de quem ensina transmite para quem aprende a importância daquele aprendizado. É fantástico.   Luzanin.

domingo, 21 de outubro de 2012

Minha Pós em Equoterapia...está acontecendo...


Estou muito feliz  e satisfeita com tudo que estou aprendendo...♥
                                        Pollyanna, Patrícia, Luana e Eu
Gabriele, e nossa turma com os amigos cavalos nas baias

Aulas teóricas

Vivências....Beijo, abraço...♥

Caminhando na estrada do Rancho GG

Disciplina e cuidados com o alojamento

E a gente passeando pela estrada depois da aula

Baias com os lindos

E pra descontrair tanta informação a gente brinca.♥

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Meu começo na Equo...


EQUOTERAPIA

VIDA & ARTE EQUOTERAPIA AJUDA A RECUPERAR ENTRAVES NEUROMOTORES GUSTAVO HENRIQUE E PORTADOR DE PARALISIA CEREBRAL E FAZ AULAS DE EQUOTERAPIA HA 3 ANOS . NA FOTO ELE FAZ AULA DE EQUOTERAPIA AUXILIADO PELA PEDAGOGA LUCIANA ( BONE PRETO ) , PELA FISIOTERAPEUTA LIVIA SENSULINE ( BONE BRANCO ) E PELO GUIA PAULO ( QUEM PUXA O CAVALO ) DIGITAL VIDABEM DVD 108 PASTA EQUOTERAPIA Foto: Edvaldo Santos 8/10/2012 Diário da Região

Agradecendo a Deus e as pessoas que estão me ajudando a alcançar um sonho e agora um ideal pra ser trabalhado e muito.  Agora que venha psicologia e neuropsicologia. Que assim seja!!!
Luzanin♥

Antes de chegarmos ao termino da vida.


Os cinco maiores arrependimentos dos pacientes terminais


Recentemente foi publicado nos Estados Unidos um livro que tem tudo para se transformar em um best seller daqueles que ajudam muita gente a mudar sua forma de enxergar a vida. The top five regrets of the dying (algo como “Os cinco principais arrependimentos de pacientes terminais”) foi escrito por Bronnie Ware, uma enfermeira especializada em cuidar de pessoas próximas da morte.
Para analisar a publicação, convidamos a Dra. Ana Cláudia Arantes – geriatra e especialista em cuidados paliativos do Einstein – que comentou, de acordo com a sua experiência no hospital, cada um dos arrependimentos levantados pela enfermeira americana. Confira abaixo.

1. Eu gostaria de ter tido coragem de viver uma vida fiel a mim mesmo, e não a vida que os outros esperavam de mim

“À medida que a pessoa se dá conta das limitações e da progressão da doença, esse sentimento provoca uma necessidade de rever os caminhos escolhidos para a sua vida, agora reavaliados com o filtro da consciência da morte mais próxima”, explica Dra. Ana Cláudia.
“É um sentimento muito frequente nessa fase. É como se, agora, pudessem entender que fizeram escolhas pelas outras pessoas e não por si mesmas. Na verdade, é uma atitude comum durante a vida. No geral, acabamos fazendo isso porque queremos ser amados e aceitos. O problema é quando deixamos de fazer as nossas próprias escolhas”, explica a médica.
“Muitas pessoas reclamam de que trabalharam a vida toda e que não viveram tudo o que gostariam de ter vivido, adiando para quando tiverem mais tempo depois de se aposentarem. Depois, quando envelhecem, reclamam que é quando chegam também as doenças e as dificuldades”, conta.

2. Eu gostaria de não ter trabalhado tanto

“Não é uma sensação que acontece somente com os doentes. É um dilema da vida moderna. Todo mundo reclama disso”, diz a geriatra.
“Mas o mais grave é quando se trabalha em algo que não se gosta. Quando a pessoa ganha dinheiro, mas é infeliz no dia a dia, sacrifica o que não volta mais: o tempo”, afirma.
“Este sentimento fica mais grave no fim da vida porque as pessoas sentem que não têm mais esse tempo, por exemplo, pra pedir demissão e recomeçar”.

3. Eu gostaria de ter tido coragem de expressar meus sentimentos

“Quando estão próximas da morte, as pessoas tendem a ficar mais verdadeiras. Caem as máscaras de medo e de vergonha e a vontade de agradar. O que importa, nesta fase, é a sinceridade”, conta.
“À medida que uma doença vai avançando, não é raro escutar que a pessoa fica mais carinhosa, mais doce. A doença tira a sombra da defesa, da proteção de si mesmo, da vingança. No fim, as pessoas percebem que essas coisas nem sempre foram necessárias”.
“A maior parte das pessoas não quer ser esquecida, quer ser lembrada por coisas boas. Nesses momentos finais querem dizer que amam, que gostam, querem pedir desculpas e, principalmente, querem sentir-se amadas. Quando se dão conta da falta de tempo, querem dizer coisas boas para as pessoas”, explica a médica.

4. Eu gostaria de ter mantido contato com meus amigos

“Nem sempre se tem histórias felizes com a própria família, mas com os amigos, sim. Os amigos são a família escolhida”, acredita a médica. “Ao lado dos amigos nós até vivemos fases difíceis, mas geralmente em uma relação de apoio”, explica.
“Não há nada de errado em ter uma família que não é legal. Quase todo mundo tem algum problema na família. Muitas vezes existe muita culpa nessa relação. Por isso, quando se tem pouco tempo de vida, muitas vezes o paciente quer preencher a cabeça e o tempo com coisas significativas e especiais, como os momentos com os amigos”.
“Dependendo da doença, existe grande mudança da aparência corporal. Muitos não querem receber visitas e demonstrar fraquezas e fragilidades. Nesse momento, precisam sentir que não vão ser julgados e essa sensação remete aos amigos”, afirma.

5. Eu gostaria de ter me deixado ser mais feliz

“Esse arrependimento é uma conseqüência das outras escolhas. É um resumo dos outros para alguém que abriu mão da própria felicidade”.
“Não é uma questão de ser egoísta, mas é importante para as pessoas ter um compromisso com a realização do que elas são e do que elas podem ser. Precisam descobrir do que são capazes, o seu papel no mundo e nas relações. A pessoa realizada se faz feliz e faz as pessoas que estão ao seu lado felizes também”, explica.
“A minha experiência mostra que esse arrependimento é muito mais dolorido entre as pessoas que tiveram chance de mudar alguma coisa. As pessoas que não tiveram tantos recursos disponíveis durante a vida e que precisaram lutar muito para viver, com pouca escolha, por exemplo, muitas vezes se desligam achando-se mais completas, mais em paz por terem realmente feito o melhor que podiam fazer. Para quem teve oportunidade de fazer diferente e não fez, geralmente é bem mais sofrido do ponto de vista existencial”, alerta.

Dica da especialista

“O que fica bastante claro quando vejo histórias como essas é que as pessoas devem refletir sobre suas escolhas enquanto têm vida e tempo para fazê-las”.
“Minha dica é a seguinte: se você pensa que, no futuro, pode se arrepender do que está fazendo agora, talvez não deva fazer. Faça o caminho que te entregue paz no fim. Para que no fim da vida, você possa dizer feliz: eu faria tudo de novo, exatamente do mesmo jeito”.
De acordo com Dra. Ana Cláudia, livros como este podem ajudar as pessoas a refletirem melhor sobre suas escolhas e o modo como se relacionam com o mundo e consigo mesmas, se permitindo viver de uma forma melhor. “Ele nos mostra que as coisas importantes para nós devem ser feitas enquanto temos tempo”, conclui a médica.
Publicado em janeiro/2012.

domingo, 7 de outubro de 2012

Química no relacionamento conjugal


O casal que não transa bem, cuja química não funciona ou os cheiros não combinam, podem manter-se unidos até que a morte os separe, mas terminarão como dois irmãos. Ou farão voto de castidade em nome deste amor fraternal, ou procurarão sexo no mercado paralelo. Eu não condeno uma coisa nem outra, mas se podemos ter tudo em casa, amor e paixão, amor e desejo, amor e adrenalina, tanto melhor. Se você andou ouvindo seu coração e resolveu casar, agende antes uma entrevista com seu corpo também. Ele lhe dirá o que pouca gente admite: que desejar é tão importante quanto amar.

Martha Medeiros

Tarde demais para saber....



 Outro dia um homem me escreveu uma carta comovente. Dizia ter vivido 12 anos ao lado de uma mulher. Excetuando-se aquele período de paixão que caracteriza todo início de relacionamento, o resto do tempo que passaram juntos foi pouco estimulante. Almoçavam juntos, viajavam de vez em quando, transavam regularmente, riam das mesmas piadas, mas a verdade é que ele não prestava muita atenção nela. Havia se acostumado com sua presença. Até que um belo dia ela pediu as contas. Arrumou a mala e se foi. Cansou de não ser percebida. E só aí ele caiu em si. Disse-me este senhor que bastou dez minutos longe dela para descobrir o quanto a amava. Durante os 12 anos de convívio, ele estava mais preocupado com as seduções externas: trabalho, futebol, e sim, outras mulheres, ainda que passageiras. Por um erro de avaliação, ele não considerava que aquele almoçar junto, viajar junto, transar e rir das mesmas piadas pudesse ser também chamado de amor. O amor que ele via anunciado nas revistas e o amor que os seus amigos diziam estar vivenciando pareciam muito mais verdadeiros do que aquele amor que ele tinha em casa, desglamourizado, com cenas que pareciam em preto e branco. "Sou uma besta", ele concluiu. Somos, meu amigo, todos umas bestas. A gente pode estar vivendo uma relação tranquila, satisfatória e afetiva, mas sempre tem a maldita janela nos chamando lá para fora, iludindo a gente de que há algo mais tentador, mais desafiante do que aquilo que temos nas mãos. Como muitos ganhadores de loteria que continuam a jogar, não nos basta o quão rico já estamos: queremos mais. E de olho no futuro, desprezamos o que temos de melhor, o presente. Eu já recebi cartas contendo problemas bem mais escabrosos, mas não minimizei a tristeza deste homem, pois sei como é duro descobrir tarde demais que se ama alguém. Além da dor da saudade, tem a dor de ter sido estúpido. Damos valor às pessoas apenas quando elas não estão mais por perto, os velórios chorosos estão aí para provar. Até inimigo sai falando bem do morto. Só que o morto já não pode escutar. Este homem não teve sua mulher de volta. Decidida, ela tomou seu rumo. "O que faço agora?" ele me pergunta. Sofra, meu caro. O sofrimento é a melhor penitência para não reincidir no erro. E da próxima vez, saia um pouco da janela.

Martha Medeiros

EU


RecadosOnline

Ziraldo/Comênio/Rubem/Pacheco/Pestalozzi

Ziraldo/Comênio/Rubem/Pacheco/Pestalozzi

Skinner

Skinner
Comportamental ♥

Aaron Beck, psiquiatra e preconizador da Terapia Cognitiva

Aaron Beck, psiquiatra e preconizador da Terapia Cognitiva

Psicanálise ♥

Psicanálise ♥
Sigmund Freud

Só uma professora muito maluquinha sabe ver em toda situação uma oportunidade.

Só uma professora muito maluquinha sabe ver em toda situação uma oportunidade.

Primeira Infância...♥

Primeira Infância...♥

A mediação do professor deve respeitar o tempo da criança...♥

A mediação do professor deve respeitar o tempo da criança...♥

Escola da Ponte

"Será indispensável alterar a organização das escolas, interrogar práticas educativas dominantes. É urgente interferir humanamente no íntimo das comunidades humanas, questionar convicções e, fraternalmente, incomodar os acomodados", afirma José Pacheco.

SIMPLES ASSIM....

SIMPLES ASSIM....

Amo Psicologia

Eu sigo

Agenda dos blogs

contador visitas blog

IMPORTANTE:

Todas imagens aqui postadas e várias mensagens são de autoria de outros blogs que sigo e de alguns lugares da internet. Algumas mensagens são de minha autoria. O meu ideal é a divulgação de assuntos, textos, artigos, mensagens, imagens ou seja tudo, que possa ajudar a elevar nossa energia e que nos faça sentir melhor, buscando a força em nosso Pai Maior e seus anjos. Se eu ofender a alguém com algum post sem ter dado o devido crédito peço perdão e por favor me comuniquem. (luedimar21@gmail.com)
Obrigada queridos (as) irmãos e irmãs.

Mostrou o amor e o perdão

Mostrou o amor e o perdão
Caridade da doação

Prece de Cáritas

Prece de Cáritas
Deus nosso Pai, que sois todo Poder e Bondade,dai força aquele que passa pela provação, dai a luz aquele que procura a verdade, pondo no coração do homem a compaixão e a caridade.Deus dai ao viajor a estrela guia, ao aflito a consolação, ao doente o repouso.Pai, dai ao culpado o arrependimento, ao Espírito Verdade, a criança o guia, ao órfão o pai.Senhor que a vossa bondade se estenda sobre tudo que criaste, piedade senhor para aqueles que não os conhecem e esperança para aqueles que sofrem. Que a vossa bondade permita aos Espíritos consoladores derramarem por toda parte a paz,a esperança e a fé. Deus, um raio uma faísca do vosso amor pode abrasar a Terra,deixa-nos beber nas fontes dessa bondade fecunda e infinita, e todas as lágrimas secarão, todas as dores se acalmarão.Um só coração, um só pensamento subirá até vós,como um grito de reconhecimento e de amor.Como Moisés sobre a montanha, nós vos esperamos com os braços abertos, oh! bondade oh! beleza oh! perfeição, e queremos de alguma sorte merecer a vossa misericórdia. Deus dai-nos a força de ajudar o progresso a fim de subirmos até vós, dai-nos a caridade pura, dai-nos a fé e a razão, dai-nos a simplicidade que fara´das nossas almas o espelho onde se refletirá a vossa imagem. Que assim seja!