quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Hoje o dia está sendo de gratidão

Hoje o dia é de gratidão para com Deus e seus enviados guardiões e protetores. Obrigada sempre.
Vou fazer valer todo o carinho e afeto.

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

A essência está em nós

De tudo que estamos vivendo e sentindo somos responsáveis pelos nossos sentimentos e ações. Muitas vezes se estamos bem e recebemos algo não bom de alguém que está perto ou não, nem nos importamos com aquele fato e com o sentimento que gerou. Mas se não estamos bem podemos transferir aquele mal estar e sentimentos ruins para tudo que estamos vivendo. Projetamos um fato ruim ao resto de nossas vidas, naquele momento. Pode-se dizer que se o nosso sentir está doente devemos ter o cuidado de buscar o auxilio necessário para que ele se ajuste e não continue refletindo uma totalidade de tristeza e outros sentimentos depreciativos. E é quando mais nos machucamos pois vemos que alguém precisava de ajuda e nós não ajudamos, alguém precisava do nosso afeto e não retribuímos. São situações de conflitos que geram a desabilitabilidade de tudo que vivemos. Se estamos doentes nos sentimentos, não conseguiremos organizar a nossa razão. E separar as situações é uma forma de não deixar se levar por sentimentos que não correspondem a tudo em sua vida naquele momento, e sim só uma parte dela. A essência referencial é a de que gostamos de estar bem conosco e com o outro, caso contrário não haveria tanta busca pelo equilíbrio dos pensamentos sentidos e vividos.
O que se disse não se pode mais não dizer, justificar também talvez seja desgastante para todos, deixar aquele momento passar e refletir fazendo leituras que elevem a alma, se colocando em vivências de paz, em  contato com a natureza, como se promover a caminhar, respirar e inspirar o ar das manhãs, das tardes, das noites. Sair do olho do furacão. Para a calmaria. Às vezes é questão de um pequeno passo e uma grande atitude e uma possível mudança para o nosso bem estar.
Disse um professor sábio da psicologia que Freud só pôde escrever a psicanálise porque viveu ela em sua forma mais real da expressão. Então é isso estudar a psicologia é vive-lá em sua essência. E isso dói, machuca mas sara. E isso...requer coragem para tanto. Mesmo que se chegue rasgada, ferida, amputada, desalinhada na reta final. Mas se chega e o que aprendeu nesse instante é o que se pode ensinar ajudando a refletir.
O sofrimento traz longos processos de dor para o aprendizado, não é masoquismo. É algo que de sublime tem o treino da nossa consciência de saber que somos responsáveis por aquilo que pensamos e como agimos. O que reprimimos, o que negamos, o que negligenciamos e até o que nos foi negligenciado. O fato é que precisamos superar, pois nós vamos precisar continuar a vida. E ainda sim a escolha é nossa. Sempre.
 Luzanin- Aprendiz primária da vida.

A difícil arte de acolher meus erros, superar, seguir em frente acreditando no melhor

Em vez de concentrar-se no que não pode ser alterado, concentre-se no que pode ser alterado. Na maioria dos casos, os acontecimentos ou as outras pessoas não nos levam a sentir de uma certa maneira. Nós é que fazemos isso. Nós é que decidimos manter-nos num sentimento incapacitante. Claro, que dado a natureza de alguns acontecimentos de vida, temos toda a legitimidade para nos sentirmos mal. No entanto, esses sentimentos negativos não invalidam que possamos fazer algo para superar os acontecimentos e promover melhores sentimentos.  Assumir a responsabilidade pelos seus próprios pensamentos e sentimentos, sair de uma mentalidade de vítima,  irá capacitá-lo para ultrapassar os arrependimentos passados​​, derrotas, decepções, desgostos e traumas, em vez de usar isso como uma carga insuportável de transportar.
Muitas vezes não podemos “superar” algo por causa de histórias que contamos a nós mesmos, que não são baseadas em fatos. Mas sim na interpretação que fazemos do que nos aconteceu. E, em alguns acontecimentos podemos distorcer a magnitude e impacto real do sucedido. Por exemplo, algumas pessoas que perdem um emprego ficam desapontadas, mas ainda têm a confiança para seguir em frente sabendo que pode haver melhores oportunidades. Em contrapartida, outros não seriam capazes de “superar” o trauma da rejeição e rotular-se-iam como perdedores e fracassados. As pessoas quando atravessam uma crise, muitas vezes criam histórias sobre si próprios personalizando a crueldade da vida como algo que reflete a sua autoestima, resultante de antigos hábitos enraizados de pensamentos de julgamento depreciativo. O diálogo interno e crítico negativo torna-se tão sedimentado, que muitas vezes não percebemos que temos o poder de mudá-lo.
Em alguns casos, não se pode esperar  ”superar” algo de forma rápida se não se passar pelo processo de luto. O luto, não é um processo com o qual apenas lidamos quando enfrentamos a morte ou a perda de um ente querido. Existem perdas menos visíveis e concretas, tais como a percepção de que você não pode ter a vida que pensou que seria possível, que o seu entusiasmo relativamente a um determinado objetivo de vida não o conduziu a bom porto, dando lugar à decepção.  Na grande maioria das situações, do mais terrível sofrimento a uma perda comum, o processo de luto é essencial para o processo de cicatrização. Às vezes precisamos passar por fases de raiva e amargura, a fim de sermos capazes de passar à fase de aceitação. 
Não vivemos isolados dos outros. O contato, o afeto e a troca de experiências permite-nos crescer e desenvolvermo-nos. As pessoas crescem melhor promovendo bons relacionamentos e procurando apoio. Perante o sofrimento, se nos afastarmos dos outros por nos sentirmos diferentes ou para nos protegermos, o que daí pode imergir é mais sofrimento e reviver o trauma ou a situação angustiante uma e outra vez na nossa mente. É mais saudável e promotor da recuperação procurar apoio para aliviar o seu sentimento de perda. Relacionamentos saudáveis ​​e de apoio podem ajudar a curar feridas. Mesmo que os outros não possam resolver o seu trauma ou problema, eles podem ajudá-lo a chorar a perda ou a decepção e reconfortá-lo.
Perante acontecimentos que nos deixam presos ao passado, a capacidade de aceitá-los e de termos compaixão por nós mesmos são dois passos extremamente decisivos para ultrapassar o sofrimento. Não estou a falar da aceitação passiva, da aceitação displicente, em que tudo acontece e nada se faz. Não é isso. Refiro-me à aceitação da realidade tal qual ela aconteceu, em que não há retorno possível, em que não é possível apagar o que sucedeu. Perante este tipo de cenário, aceitar é o melhor remédio. Permite-nos encarar a realidade de frente, sermos compassivos conosco mesmos e a partir daí cultivar a esperança num futuro melhor. Ficar contra tudo, contra todos e até contra você mesmo, certamente não irá beneficiá-lo em nada. Cria rancor, ressentimento, indignação, desesperança, ódio, entre outros sentimentos negativos. Num estado de negatividade, mesmo aquilo que ainda temos de bom na vida fica afetado, deixamos de olhar para o que ainda faz sentido na vida. Aceite, tenha compaixão e siga em frente.
http://www.escolapsicologia.com

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Cavalos

E eles correm livres, isentos das amarras dos preconceitos
(preconceitos tão nossos)
Contentes em suas diferenças e semelhanças,
Felizes apenas por poderem estar juntos.

Gabriele Brigitte Walter

Mente e Cérebro

Mente e Cérebro | Duetto Editorial

Neurociências em benefício da Educação!: Neuropsicopedagogia: novas perspectivas para a apr...

Neurociências em benefício da Educação!: Neuropsicopedagogia: novas perspectivas para a apr...: Ana Lúcia Hennemann / Outubro_2012 RESUMO: Este artigo apresenta como proposta refletir sobre a Neuropsicopedagogia e suas perspect...

Neurociências em benefício da Educação!: Neurociências e Educação

Neurociências em benefício da Educação!: Neurociências e Educação: Como a Neuroeducação e a Neuropedagogia podem ajudar a escola e o professor a tornar o aprendizado mais eficiente e mais interessante pa...

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Sites interessantes

  • coNeCte é o blog da Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento
  • http://blog.sbnec.org.br/
  • http://www.cerebronosso.bio.br/

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Aceita - Elizabete Lacerda - Aceita no sentido de acolher sempre buscando melhorar, não no conformismo que congela.

Bom final de semana com carinho....


Que tenhamos um final de semana agradável com nossa família e uma semana iluminada pela frente.
São essas  preces que me alimentam sempre me ajudando a continuar....Beijo no coração de todos!!!!!!

Tão pequena em aprender e tão grande em errar

Eu queria ser serena o suficiente para não me deixar levar pelo melindre
Eu queria ser coerente o suficiente para não ser injusta e levantar críticas ao outro
Eu queria ser resignada o suficiente para não fazer de esgoto o ouvido do outro
Eu queria ser tolerante o suficiente para não perder o controle em uma discussão
Eu queria ser mais compreensiva para ouvir e saber o que dizer sem me colocar
Eu queria ser forte tanto quanto as pessoas pensam que sou
Eu queria ser menos arrogante com as minhas colocações
Eu queria ser menos fraca quando me sinto acuada
Eu queria ser a solução do equilíbrio para os meus piores momentos
Eu queria ser para ajudar e amar e acolher
Eu não queria machucar quem amo
Nas interações que vivo sempre machuco alguém
Me sinto impotente e me cobro a perfeição
Minha cabeça sabe um monte de coisas que tenho que fazer,
o coração sente a emoção de cada sentimento.
Mas eu enquanto aluna aprendiz ainda primária me deparo
com muitos dos meus erros.
O mais grosseiro é o que menos quero cometer...
Magoar quem amo. Por meu modo de pensar e me colocar.
Tão inerte depois eu fico que não sei aonde caibo com minha
tristeza. Essa é a parte real de mim que comanda o meu ser integral.
Penso nas palavras de Chico Xavier: Fico triste quando alguém me ofende, mas, com certeza, eu ficaria mais triste se fosse eu o ofensor... Magoar alguém é terrível!
Pra ele que já demonstrava uma evolução já era difícil, imagina para quem ainda está em situação primária. E tem também essa: Eu permito a todos serem como quiserem, e a mim como devo ser.

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

1º CONGRESSO BRASILEIRO DE AUTISMO APLICADO AO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE – SUS

INSCRIÇÕES ABERTAS – 1º CONGRESSO BRASILEIRO DE AUTISMO APLICADO AO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE – SUS

Publicado em 13 de fevereiro de 2014

1º Congresso Brasileiro de Autismo Aplicado ao Sistema Único de Saúde – SUS
Local
Anfiteatro do Memorial da América Latina
Cedido pela Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência – SEDPcD
Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda – São Paulo – SP – 01156-001
Datas
30 e 31 de maio de 2014
Realização
Autismo & Realidade – Associação de Estudos e Apoio
Comissão Organizadora
Presidente do Congresso
  • Profa. Dra. Cristiane Silvestre de Paula
Comissão Organizadora
  • Profa. Dra. Cristiane Silvestre de Paula
  • Joana Portolese
Comissão Científica
  • Monica Zilbovicius
  • Cristiane Silvestre de Paula
  • Alysson Renato Muotri
  • Decio Brunoni
  • Euripedes Constantino Miguel
  • Guilherme Vanoni Polanczyk
  • Helena Brentani
  • Jair de Jesus Mari
  • Maria Rita dos Santos e Passos Bueno
  • Patrícia Cristina Baleeiro Beltrão Braga
  • Roberta Monterazzo Cysneiros
  • Rudimar dos Santos Riesgo
  • Sandra Scivoletto
Observações
Público-alvo
Médicos, profissionais de saúde (psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, enfermeiros, entre outros), pedagogos, professores e pais de indivíduos com autismo.

Programação entre no site: http://autismoerealidade.org/noticias/inscricoes-abertas-1o-congresso-brasileiro-de-autismo-aplicado-ao-sistema-unico-de-saude-sus/

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

EU


RecadosOnline

Ziraldo/Comênio/Rubem/Pacheco/Pestalozzi

Ziraldo/Comênio/Rubem/Pacheco/Pestalozzi

Skinner

Skinner
Comportamental ♥

Aaron Beck, psiquiatra e preconizador da Terapia Cognitiva

Aaron Beck, psiquiatra e preconizador da Terapia Cognitiva

Psicanálise ♥

Psicanálise ♥
Sigmund Freud

Só uma professora muito maluquinha sabe ver em toda situação uma oportunidade.

Só uma professora muito maluquinha sabe ver em toda situação uma oportunidade.

Primeira Infância...♥

Primeira Infância...♥

A mediação do professor deve respeitar o tempo da criança...♥

A mediação do professor deve respeitar o tempo da criança...♥

Escola da Ponte

"Será indispensável alterar a organização das escolas, interrogar práticas educativas dominantes. É urgente interferir humanamente no íntimo das comunidades humanas, questionar convicções e, fraternalmente, incomodar os acomodados", afirma José Pacheco.

SIMPLES ASSIM....

SIMPLES ASSIM....

Amo Psicologia

Eu sigo

Agenda dos blogs

contador visitas blog

IMPORTANTE:

Todas imagens aqui postadas e várias mensagens são de autoria de outros blogs que sigo e de alguns lugares da internet. Algumas mensagens são de minha autoria. O meu ideal é a divulgação de assuntos, textos, artigos, mensagens, imagens ou seja tudo, que possa ajudar a elevar nossa energia e que nos faça sentir melhor, buscando a força em nosso Pai Maior e seus anjos. Se eu ofender a alguém com algum post sem ter dado o devido crédito peço perdão e por favor me comuniquem. (luedimar21@gmail.com)
Obrigada queridos (as) irmãos e irmãs.

Mostrou o amor e o perdão

Mostrou o amor e o perdão
Caridade da doação

Prece de Cáritas

Prece de Cáritas
Deus nosso Pai, que sois todo Poder e Bondade,dai força aquele que passa pela provação, dai a luz aquele que procura a verdade, pondo no coração do homem a compaixão e a caridade.Deus dai ao viajor a estrela guia, ao aflito a consolação, ao doente o repouso.Pai, dai ao culpado o arrependimento, ao Espírito Verdade, a criança o guia, ao órfão o pai.Senhor que a vossa bondade se estenda sobre tudo que criaste, piedade senhor para aqueles que não os conhecem e esperança para aqueles que sofrem. Que a vossa bondade permita aos Espíritos consoladores derramarem por toda parte a paz,a esperança e a fé. Deus, um raio uma faísca do vosso amor pode abrasar a Terra,deixa-nos beber nas fontes dessa bondade fecunda e infinita, e todas as lágrimas secarão, todas as dores se acalmarão.Um só coração, um só pensamento subirá até vós,como um grito de reconhecimento e de amor.Como Moisés sobre a montanha, nós vos esperamos com os braços abertos, oh! bondade oh! beleza oh! perfeição, e queremos de alguma sorte merecer a vossa misericórdia. Deus dai-nos a força de ajudar o progresso a fim de subirmos até vós, dai-nos a caridade pura, dai-nos a fé e a razão, dai-nos a simplicidade que fara´das nossas almas o espelho onde se refletirá a vossa imagem. Que assim seja!